empreendedor-digital-bruno-jose

Empreendedor Digital

viciado em aprender e partilhar experiências adquiridas ao longo de 13 anos de forma prática e simplificada.

O Bruno iniciou o seu percurso como militar na Marinha Portuguesa onde obteve várias distinções e, durante a sua caminhada pelo mundo das tecnologias, negócios e marketing, chegou a um ponto em que sonhava em criar o próprio projecto.

A única forma de isso acontecer era tornar-se um empreendedor digital, que lhe daria liberdade geográfica para trabalhar a partir da internet em qualquer parte do planeta e acompanhar o crescimento da sua filha.

Por outro lado, permitia colocar em prática a sua visão de um modelo de de educação aberto, adequada às necessidades do século XXI e centrado no desenvolvimento do potencial de cada pessoa e em função das suas motivações, onde o aluno é ensinando a pensar, a valorizar a importância da relação com o outro e a partilhar as suas experiências, conquistando assim a capacidade para transformar os seus sonhos em realidade.

De onde vem e como cresceu

Nasceu em Portimão a 20 de Maio de 1983 e cresceu no Bairro dos Pescadores, na casa dos seus avós maternos, onde deu os primeiros passos.

Apesar das poucas memórias da sua infância, estão bem presentes os dias de verão passados com os amigos de infância a correr, andar de bicicleta, dar mergulhos na Praia da Rocha, jogar videojogos e brincar às escondidas pela noite fora.

Os momentos mais marcantes da sua infância foram quando aprendeu a arte de velejar com o Senhor Moura na Associação Naval Infante de Sagres (ANIS, actual Clube Naval de Portimão) e a ida para a escola primária, quando fez birra para ficar em casa com o seu avô a aprender os números. Na 2ª classe, reprova por ser considerado uma criança com dificuldades de aprendizagem.

Prosseguiu estudos no ensino privado (Externato da Pedra Mourinha) até à 4ª classe com outra apreciação da professora Maria José. No entanto, a sua experiencia escolar até ao 9º ano foi vivida com um sentimento de inadaptação e desinteresse.

bruno-jose-primeiros-passos

O seu crescimento foi marcado por 3 fases que foram determinantes para a sua evolução: velejador federado (durante 10 anos), percurso no ensino profissional (4 anos lectivos) e como militar (cerca de 7 anos).

Aprendeu a velejar em Portimão com 10 anos e mais tarde foi para Lagos onde viveu experiências que lhe permitiram adquirir um maior conhecimento sobre si próprio e do outro, desenvolver uma consciência ambiental e a audácia para superar os desafios imprevisíveis no mar. Tudo isto contribuiu para estar melhor preparado para a vida.

Em Setembro de 2000, mudou-se para Faro para começar uma nova etapa no Curso de Informática de Gestão, onde emerge uma constante vontade de aprender na área da programação web. Após concluir o curso, concorre à Marinha com o objectivo de conciliar a paixão que tem pelo mar e pela tecnologia.

Adiado o sonho de ingressar na Marinha por ser reprovado nas provas de selecção, muda-se em 2003 para Portalegre com o objectivo de prosseguir os estudos para se especializar em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação, voltando a concorrer no ano seguinte.

“Não há razão para não seguir seu coração.”
– Steve Jobs

Aprendizagens com significado

Ingressou no dia 8 de Novembro de 2004 na Marinha, onde fez a recruta na Escola de Fuzileiros e o tradicional Juramento de Bandeira, começando assim uma nova etapa que durou precisamente 6 anos, 11 meses e 7 dias, e onde aproveitou cada oportunidade para adquirir novas habilidades, aprender com experiências em diferentes contextos e conhecer pessoas que, além de o ajudarem a abrir horizontes, tiveram influência na sua evolução.

Prosseguiu para a instrução complementar na Escola de Tecnologias Navais (ETNA) onde, ao longo de 9 meses, estudou sobre sistemas de armas, sensores e equipamentos destinados à guerra no mar e à navegação de um navio. Depois do curso, embarcou na Fragata Comandante Sacadura Cabral e, neste período, obteve a especialização em Guerra Electrónica.

Durante cerca de um ano teve a experiência de navegar de norte a sul de Portugal Continental em acções de busca e salvamento marítimo, e participou no exercício Swordfish 2006 com os três ramos das Forças Armadas e com a Força Naval Perma­nente da NATO, permitindo conhecer a realidade militar e decidir o seu futuro: seguir a carreira militar ou o sonho de ser empreendedor.

fragata-comandante-sacadura-cabral-marinha-portuguesa

Assim, ingressa no Curso de Sargentos TN-PIN (Técnicos Navais do Ramo de Programadores de Informática), optando por uma caminho sem progressão de carreira e com uma data marcada para a saída da Marinha.

Neste período de 9 meses, fez uma imersão no mundo digital focada em actualizar e adquirir novas competências técnicas e militares. Realizou uma Formação de Aperfeiçoamento em Liderança onde desenvolveu estratégias para potencializar as suas capacidades de relacionamento interpessoal, vendo assim reforçadas as suas habilidades para gerir e liderar equipas.

O seu percurso profissional começa em Junho de 2007, no Estado-Maior da Armada, como técnico de suporte, sendo o responsável pelo apoio aos utilizadores na resolução de problemas na área tecnológica e em 2018, assume a gestão da infraestrutura tecnológica e coordena a equipa de suporte help desk.

Em Maio de 2008, começa a trabalhar nos seus primeiros projectos em colaboração com pequenas empresas que pretendiam utilizar a internet para desenvolver as suas empresas, começando a descobrir nesta altura o mar de oportunidades que é a internet.

A sua curiosidade, constante vontade de aprender e dedicação, permitiu evoluir rapidamente, recebendo duas condecorações militares (Medalha de Comportamento Exemplar e a Medalha da Cruz Naval) e investindo no desenvolvimento da sua carreira. Em 2011, tem uma curta passagem pelo ISPA onde estuda psicologia clínica e, em simultâneo, obtém o Certificado de Competências Pedagógicas. No ano lectivo seguinte, ingressou no ISCTE para dar continuidade aos estudos na vertente da psicologia social e organizacional.

“Não há nada como regressar a um lugar que está igual para descobrir o quanto a gente mudou.”
– Nelson Mandela

O regresso e recomeço na casa partida

Os seus planos mudam inesperadamente em Janeiro de 2013, quando se vê forçado a regressar ao Algarve para prestar apoio à sua mãe que havia sofrido um acidente e ficou temporariamente sem andar.

Meses depois, ainda em processo de mudança e adaptação, parte e permanece no Brasil (Fortaleza) um mês para acompanhar o seu pai que estava hospitalizado em estado terminal devido a um cancro.

Este regresso, aparentemente temporário, passou a definitivo quando olha para esta situação como a oportunidade de abraçar o chamamento de se tornar num empreendedor digital na terra que nasceu e cresceu.

Recomeça do zero colaborando inicialmente com organizações locais como consultor de informática e, em 2014, tem a sua primeira experiência como formador no CLCC onde dinamiza aulas particulares e formação para empresas na área das tecnologias de informação, desenvolvimento web e marketing digital.

bruno-jose-2013
bruno-jose-pai-e-a-inicio-jornada-empreendedor

Depois de muito pesquisar, estudar e testar, começa em 2015 um grande processo de transformação e coloca em prática o seus conhecimentos nos projectos que teve a oportunidade de trabalhar como consultor de marketing digital.

A grande mudança aconteceu em 2016, quando viu realizado o seu maior sonho, ser pai. Depara-se com a melhor e mais exigente tarefa do mundo: conciliar a parentalidade com a esfera pessoal, familiar e profissional.

Ainda neste ano, em perseguição ao sonho de dar asas aos seus projectos, inicia a sua jornada de empreendedor num escritório de 30m2 com o objectivo de criar uma Agência Digital, que seria a base para o lançamento dos outros projectos que seguiram. No entanto, viria a abandonar o projecto devido a incompatibilidades com os seus sócios.

Em 2018, vive aquele que considera ser o seu pior ano de sempre, marcado pelo fim do relacionamento com a mãe da sua filha, sendo afectado meses depois pela síndrome de burnout. Perante uma situação em que estava falido e prestes a perder tudo o que havia construído ao longo dos anos, mergulhou num processo de introspecção que foi importante para fortalecer raízes e a viver de uma forma diferente.

“Respeite o tempo da semeadura e da colheita e em seguida aguarde o milagre da transformação!”
– Paulo Coelho

Perseverança para começar de novo

bruno-jose-fiesa-sand-city

Em 2019, começou a reorganizar as suas ideias e a reciclar conhecimentos sobre empreendedorismo, negócios e marketing, com o objectivo de estudar e perceber a evolução do mercado digital em Portugal.

Entretanto, tudo mudou em Março de 2020 quando o mundo inteiro parou devido à pandemia e passamos a viver tempos de incerteza. Neste período, dedicou-se exclusivamente à formação online, à revisão dos seus projetos e a fazer pequenas mudanças às suas rotinas: hábitos de alimentação, estrutura e método de trabalho para um modelo 100% online, prática regular de atividade física e estudo sobre a tecnologia blockchain e criptomoedas.

E com a pandemia a não dar tréguas, começou a observar o processo de digitalização do mundo num ritmo muito acelerado, onde as pessoas passaram a estar frequentemente ligadas à internet para consumir conteúdos, comunicar e fazer compras online.

Cada vez mais fiel ao seu instinto de empreendedor, sente que as “regras do jogo” estão a mudar e os novos tempos a acontecer, sendo o momento de se reinventar com novas estratégias para transformar a crise em oportunidade para avançar até ao próximo nível.

Sabendo da dificuldade da maioria dos empresários em compreender o comportamento do consumidor digital, transforma parte da sua experiência e conhecimento no seu primeiro programa de mentoria onde faz o acompanhamento a quem está a começar do zero e pretende fazer a transição de carreira para o digital.

Convicto de que a transformação digital é a melhor “arma” para enfrentar o impacto da pandemia nas empresas, inicia a reestruturação dos seus projetos empreendedores com uma nova abordagem organizacional e uma nova equipa.

Durante este processo, e no final de 2020, retoma trabalho num projecto que estava na gaveta desde 2016 com uma nova visão e objectivo: contribuir para o desenvolvimento de antigos alunos que querem seguir carreira como profissionais liberais.

Assim, e em simultâneo, ganha forma um novo projecto de marketing digital para empresas focado na criação de processos, estratégias e canais de vendas online para qualquer tipo de negócio.

bruno-jose-empreendedorismo-digital

“Deixem que o futuro diga a verdade e avalie cada um de acordo com o seu trabalho e realizações. O presente pertence a eles, mas o futuro pelo qual eu sempre trabalhei pertence a mim.”
– Nikola Tesla

Transição para a Nova Era

empreendedor-em-portugal-bruno-jose

Inicia o ano 2021 determinado em honrar todas as suas experiências, aprendizagens, pensamentos e ideias como autodidacta que o transformaram num empreendedor. Consciente de que por vezes é necessário correr riscos, seguir certos caminhos e abandonar outros, vai deixando de parte o que não tem a ver consigo, aproximando-se daquilo que o inspira, dá prazer e alegria.

A colaboração em mais de 50 projectos de clientes, onde ajudou a desenvolver os seus negócios e a melhorar os resultados digitais, e as mais de 3500 horas de formação, onde formou mais de 650 alunos com novas habilidades, foram uma preparação importante para se reinventar nos novos tempos que enfrentamos.

Inicia então uma nova etapa com o objectivo de se reinventar como empreendedor digital, procurando trabalhar de uma forma livre e intuitiva, por forma a utilizar a sua capacidade criativa para expressar a sua visão inovadora e criar novas oportunidades.

Pela primeira vez sente que está a viver o seu propósito de vida: ajudar pessoas a desenvolverem novas habilidades e o seu potencial para que possam descobrir novos horizontes, encontrar o seu caminho e criar a vida que sonharam.

Para além das actividades de pai, o seu tempo passou a ser dividido em duas áreas que o transformaram numa pessoa realizada e que, consequentemente, se tornaram parte integrante do seu plano de vida:

  • A educação digital, onde tem o prazer de acompanhar e orientar pessoas como mentor de negócios online e formador, procurando ao mesmo tempo contribuir para o aumento da literacia digital em Portugal.
  • E ser empreendedor digital, desempenhando funções de CEO nos seus negócios, acumulando funções de consultor e board advisor em startups e empresas que querem desenvolver os seus negócios no mercado digital.

Estas experiências, para além de um grande desafio e teste às suas capacidades, foram uma benção e lição de vida, permitindo descobrir quem são as pessoas com quem pode contar e perceber que nunca seria quem é se não tivesse passado por tudo o que viveu.

ser-empreendedor-bruno-jose

“Se queres ir depressa vai sozinho, se queres ir longe vai acompanhado.”
– Provérbio Africano

A arte de ensinar

o-caminho-de-empreendedor-digital

Redefinidas as suas metas para 2022, inicia o ano comprometido em abrir as suas primeiras turmas de mentoria onde ajuda empreendedores a criar, transformar e desenvolver os seus negócios, por forma a entrarem no mercado digital e aumentarem os seus resultados online, sem perder tempo e dinheiro.

Por outro lado, pretende partilhar a cultura digital desenvolvida ao longo dos anos, que o transformaram como pessoa e empreendedor, sendo esta uma arte difícil de ser transmitida por não vir nos livros nem ser ensinada nas escolas e universidades, fazendo dela uma arte cada vez mais rara.

Além deste projecto pessoal, fez um forte investimento no desenvolvimento dos parceiros que escolheu para colaborar consigo na implementação e lançamento dos projectos que tem vindo a trabalhar ao longo dos últimos anos.

Em paralelo, continua a colaborar com o Serviço de Formação Profissional do Barlavento (IEFP) com a mesma motivação que abraçou este projecto de formação em 2015: inspirar, guiar e servir pessoas que querem reinventar-se, mostrando o caminho para um mundo de novas possibilidades.

Acompanhe as novidades nas redes sociais